O realismo direto na teoria da cognição intelectual de Tomás de Aquino: análise e objecções

  • Gilson Damasceno Linhares Bolsista da FAPESB (Fundação de Amparo a Pesquisa da Bahia) 42738845 Lauro de Freitas, Bahia, Brasil, linhares753@gmail.com
Palavras-chave: Tomás de Aquino, Conceito; Objeto; Identidade; Intelecto; Coisa

Resumo

Este texto tem como objetivo uma apresentação introdutória da hipótese interpretativa do realismo direto, no que diz respeito à relação entre o conceito e o objeto, na gnosiologia tomasiana. O realismo direto levanta a hipótese de que há uma relação de identidade formal entre a species intelligibilis/conceito e a coisa externa. Devido a esta tese da identidade formal, devemos negar que tais entidades sejam intermediárias entre o intelecto e a coisa. Portanto, a negação de uma entidade mental intermediária excluiria uma interpretação representacionalista. Pretendemos, após analisar as principais teses do realismo direto, propor algumas objeções a estas. Teremos como foco de objeção a tese central da identidade formal e o fundamento desta, a saber, a forma comum.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Fontes (Obras de Tomás de Aquino):

Thomas Aquinas in English. Org. Joseph Kenny. Dominican House of Philosophy, 1963. Versão eletrônica disponível em http://www.dhspriory.org/thomas/

TOMÁS DE AQUINO – Comentário ao Tratado da Trindade de Boécio. Trad. Carlos Arthur Ribeiro do Nascimento. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1998.

TOMÁS DE AQUINO – Corpus Thomisticum. Org. Enrique Alárcon. Panplona: Universidade de Navarra, 200. Versão eletrônica disponível em http://www.corpusthomisticum.org/iopera.html.

TOMÁS DE AQUINO – O ente e a essência. Trad.: Mário Santiago de Carvalho, Covilhão: LusoSofia, 2008.

TOMÁS DE AQUINO – Questões Disputadas sobre a Alma. Trad. Luiz Astroga. São Paulo: Realizações, 2012.

TOMÁS DE AQUINO – Suma contra os gentios. 2 vols. Trad. D. Odilão Moura. Porto Alegre: Sulina, 1990.

TOMÁS DE AQUINO – Suma teológica. Primeira parte. v. I e II. Trad. Carlos Josaphat. São Paulo: Loyola, 2001.

Estudos:

DAVIES, Brian (ed.) – Thomas Aquinas. Contemporary philosophical perspectives Oxford: Oxford University Press, 2002.

HALDANE, John – “Aquinas on Sense-Perception”. The Philosophical Review 92:2 (1983), pp. 233-239.

HOFFMAN, Paul – “Direct Realism, Intentionality and the Objective Being of Ideas”. Pacific Philosophical Quartely 83 (2002), pp. 163-179.

JANUNZI NETO, Antonio – Tomás de Aquino e a viabilidade do Realismo Direto: questões sobre a natura communis. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2017. Tese de Doutoramento.

KENNY, Anthony – Aquinas: A collection of critical essays. Garden City, N.Y.: Anchor Books, 1969.

KENNY, Anthony – Aquinas on Mind. New York: Routledge, 1994.

KENNY, Anthony – Aquinas on Being. Oxford: Oxford University Press, 2002.

KENNY, Anthony – “Intentionality: Aquinas and Wittgenstein”. In DAVIES, Brian (ed.) – Thomas Aquinas. Contemporary Philosophical Perspectives. Oxford: Oxford University Press, 2002, pp. 243-256.

KRETZMANN, Norman – “Infallibility, error, and ignorance”. Canadian Journal of Philosophy 21, suppementary volume 27 (1991), pp. 159-194.

KRETZMANN, Norman – “Philosophy of mind”. in KRETZMANN, Norman: STUMP, Eleonore (org.) – The Cambridge companion to Aquinas. Cambridge: Cambridge University Press. 1993, pp. 128-159.

KRETZMANN, Norman – The Metaphysics of Creation. Oxford: Oxford Clarendon Press, 2005.

KRETZMANN, Norman; STUMP, Eleonore (org.) – The Cambridge companion to Aquinas. Cambridge: Cambridge University Press, 1993.

LANDIM FILHO, Raúl F. – “Tomás de Aquino: Realista Direto?”. Analytica 15:2 (2011), pp. 13-38.

PASNAU, Robert – The Identity of Knower and Known. Chicago/Illinois: American Philosophical Association Central Division, April 25, 1996. Disponível em https://faculty.fordham.edu/klima/APAPasnau.htm

PERLER, Dominik – “Essentialism and Direct Realism: Some Late Medieval Perspectives”. Topoi 19 (2000), pp. 111-122.

SPRUIT, Leen – Species Intelligibilis: From Perception to Knowlegde. Leiden: Brill, 1994.

STUMP, Eleonore – Aquinas. London: Routledge, 2003.

TORRELL, Jean-Pierre – Iniciação a Santo Tomás de Aquino: segundo sua pessoa e obra. Tradução de Luiz Paulo Rouanet. 2º ed. São Paulo: Loyola, 1999.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-07-01
Como Citar
Gilson Damasceno Linhares. (2020). O realismo direto na teoria da cognição intelectual de Tomás de Aquino: análise e objecções . Medievalista, 1(28), 311-334. https://doi.org/10.4000/medievalista.3341
Secção
Artigos