Novos dados sobre a paisagem urbana da Santarém medieval (séculos V-XII): a necrópole visigoda e islâmica de Alporão

  • Marco Liberato Instituto de Estudos Medievais, FCSH-UNL marcoliberato@hotmail.com
Palavras-chave: Arqueologia, Paisagem urbana, Necrópole visigoda, Santarém, Idade Média.

Resumo

A partir da análise cruzada dos dados recolhidos durante uma intervenção arqueológica na Rua 5 de Outubro nºs 5-8 com algumas fontes documentais, ensaiamos uma proposta em torno da paisagem urbana da Santarém medieval, nos séculos anteriores à sua integração definitiva na órbita cristã e nos momentos imediatamente subsequentes. Nesta abordagem preliminar pretendemos salientar a pertinência da utilização do crescente volume de informações provenientes da actividade arqueológica, uma fonte fundamental para esclarecer algumas dúvidas actuais e ensaiar novas hipóteses de trabalho sobre a evolução da malha urbana desta cidade.

 

Fontes Manuscritas:

AN-TT, Memórias Paroquiais, volume 33, nº 66f, pp. 493 a 516.

Fontes Impressas:

PINA, Rui de, Chronica de el-rei D. Sancho I, s.l., vol. LII de Biblioteca de Clássicos Portugueses, 1906, p. 41.

MARRAKUSI, Ibn Idari Al-, Al-Bayan  al-Mugrib Fi Ijtisar Ajbar Muluk Al-Andaluz Wa Al-Magrib, vol. I, Ambrosio Huici Miranda (edição e tradução), Tetuán, Editora Marroqui, 1953, p. 71.

Referências bibliográficas:

AA.VV; Santarém. Cidade do Mundo, Jorge Custódio (coord.), Santarém, Câmara Municipal de Santarém, 1996.

ALARCÃO, Jorge de, O domínio romano em Portugal, Mem-Martins, Europa-América, 1988.

ALBA, Miguel, FEIJOO, Santiago; « Pautas evolutivas de la cerámica común de Mérida en épocas visigoda y emiral» in Cerámicas tardorromanas y altomedievales en la Península Ibérica. Ruptura y continuidad, Luís Caballero, Pedro Mateos y Manuel Retuerce (eds.), Madrid, Consejo Superior de Investigaciones Científicas/Instituto de Arqueologia de Mérida, 2003, pp. 476-492.

ALMEIDA, Maria José de, «Santarém, a cidade e os homens: Arqueologia 25 anos depois» in De Scallabis a Santarém, Ana Margarida Arruda, Catarina Viegas e Maria José de Almeida (coords.), Lisboa, Museu Nacional de Arqueologia, 2004, pp. 61-66.

ALMEIDA, Maria José de, «O planalto de Marvila e os arrabaldes ribeirinhos» in De Scallabis a Santarém, Ana Margarida Arruda, Catarina Viegas e Maria José de Almeida (coords.), Lisboa, Museu Nacional de Arqueologia, 2004, pp. 83-93.

ANDRADE, Amélia Aguiar, GONÇALVES, Iria, MARQUES, A.H. de Oliveira (coords); Atladas Cidades Medievais Portuguesas, vol. I, Lisboa, Instituto Nacional de Investigação Científica\Centro de Estudos Históricos da Universidade Nova de Lisboa, 1990.

BATATA, Carlos; BARRADAS, Elisabete e SOUSA, Vanessa, «Novos vestígios da presença islâmica em Santarém» in Santarém e o Magreb: encontro secular (970-1578): catálogo da exposição / Museu Municipal de Santarém, Carlos Amado, Luís Mata ( coords.), Santarém, Câmara Municipal de Santarém, 2004, pp. 68-77.

BEIRANTE, Maria Ângela Rocha; Santarém Medieval, Lisboa, Universidade Nova de Lisboa – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, 1980.

CARMONA BERENGUER, Sílvia, «Estudio tipologico de la cerámica funerária de la necropolis de el Ruedo. Almedinilla. Córdoba.», Anales de Arqueología Cordobesa, nº 2, 1991, pp. 371-394.

CASAL, Maria Teresa, Los cementerios musulmanes de Qurtuba, Córdova, Servicio de Publicaciones Universidad de Córdoba/Delegación de Cultura Diputación de Córdoba, 2003.

CONDE, Manuel Sílvio Alves, «Madînat Shantarîn. Uma aproximação à paisagem da Santarém Medieval (séculos X-XII), Actas do Colóquio Santarém na Idade Média. 13 e 14 de Março 1998, Santarém, Câmara Municipal de Santarém, 2007, pp. 348-350.

CUNHA, Maria Cristina Almeida e, «Aparecimento e primórdios das Ordens Militares» in Estudos sobre a Ordem de Avis (séc. XII-XV), Porto, Faculdade de Letras do Porto – Biblioteca Digital, 2009, pp. 7-36.

CUSTÓDIO, Jorge «As fortificações de Santarém – séculos XII a XIII, Mil anos de fortificações na Península Ibérica e no Magreb (500-1500) – Actas do Simpósio Internacional sobre Castelos, Lisboa, Edições Colibri\Câmara Municipal de Palmela, 2002, pp. 405-420.

DIAS, Maria Manuela Alves, «Epigrafia», in Museu de Mértola-Basílica Paleocristã, Mértola, Campo Arqueológico de Mértola, 1993, p. 103-138.

MEZQUIRIZ IRUJO, María Angeles, «Necrópolis visigoda de Pamplona», Trabajos de Arqueologia, nº 17, 2004, pp. 43-90.

LOPES, Carla do Carmo; RAMALHO, Maria M.B. de Magalhães; «Presença islâmica no convento de S. Francisco de Santarém» in Garb - Sítios islâmicos do sul Peninsular, Lisboa: IPPAR; Badajoz: Junta de Extremadura, 2001, pp. 31-88.

LOPES, Gonçalo, «Materiais islâmicos da Horta da Casa Cadaval (Muge, Salvaterra de Magos)», poster apresentado ao 6º Congresso de Arqueologia do Algarve, Silves, 2008.

RIPOLL LOPEZ, Gisela, «Características generales del poblamiento y la arqueología funeraria visigoda de Hispania»,  Espacio, Tiempo y Forma: Prehistoria y Arqueologia, tomo 2, 1989, pp. 389-418.

MACÍAS, Santiago, «A Basílica paleocristã de Mértola», Actas da IV Reunião de Arqueologia Cristã Hispânica, Barcelona, Institut d’Éstudis Catalans, 1995, pp. 277-296.

MACÍAS, Santiago, Mértola – O último porto do Mediterrâneo, 3 volumes, Mértola, Campo Arqueológico de Mértola, 2003.

MAN, Adriaan de, Conimbriga. Do Baixo Império à Idade Média., Lisboa, Edições Silabo, 2006.

MAN, Adriaan de, Defesas urbanas tardias da Lusitânia, dissertação de doutoramento em Arqueologia apresentada à Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Porto, Faculdade de Letras, 2008, p. 283

MATTOSO, José, «A cidade de Leiria na História medieval de Portugal» in Fragmentos de uma composição medieval, 3ª edição, Lisboa, Editorial Estampa, 1993, pp. 95-111.

MATTOSO, José; «A realeza de D. Afonso Henriques» in Fragmentos de uma composição medieval, 3ª edição, Lisboa, Editorial Estampa, 1993, pp. 213-232.

MAZZOLI-GUINTARD, Christinne, «Ciudades de al-Andalus. España y Portugal en la Época Musulmana (S. VIII-XV), Ediciones ALMED, Granada, 2000.

RIUS, Mónica; «Orientación de las mezquitas en Toledo», Tulaytula: Revista de la Asociación de Amigos del Toledo Islamico, nº 4, 1999, pp. 67-75.

LÓPEZ RUEQUENA, Mercedes; BARROSO CABRERA, Rafael; «La necropolis hispano-visigoda de la “Dehesa de la Casa los Balconcillos” (Funtes, Cuenca) in Jornadas Internacionales “Los visigodos y su mundo”. Ateneo de Madrid. Noviembre de 1990, Madrid, Consejeria de Educacion y Cultura – Comunidad de Madrid, 1998, pp. 299-317.

VIANA, Mário, Espaço e povoamento numa vila portuguesa. (Santarém 1147 – 1350), Casal de Cambra\Lisboa, Caleidoscópio\Centro de História da Universidade de Lisboa, 2007.

VIEGAS, C., ARRUDA, A.M., «Cerâmicas islâmicas da Alcáçova de Santarém», Revista Portuguesa de Arqueologia. vol. 2, n.º 2. Lisboa, Instituto Português de Arqueologia, 1999, pp. 105-186.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-01-01
Como Citar
Liberato, M. (2012). Novos dados sobre a paisagem urbana da Santarém medieval (séculos V-XII): a necrópole visigoda e islâmica de Alporão. Medievalista, 1(11). https://doi.org/10.4000/medievalista.803
Secção
Artigos