Afonso, L. U. (2022). Em ano de peste, muito ficou por renovar. Medievalista, (31), 449-463. https://doi.org/10.4000/medievalista.5225