“Uma peça muito preciosa de significado ainda desconhecido”: Decifrar o termo gibanete

  • António Conduto Oliveira Universidade de Coimbra, Faculdade de Letras 3004-531 Coimbra, Portugal, anton.stark.esq@gmail.com
Palavras-chave: Gibanetes, Portugal, armamento, século XV, couraças

Resumo

Não obstante a frequência com que surge na documentação quatrocentista, o termo “gibanete” continua a ser vago e problemático. O objectivo deste artigo é definir com exactidão o que é um “gibanete”, as peças de armamento a que corresponde, e que implicações tem esta determinação para o estudo das protecções corporais no século XV em Portugal. Esta investigação terá por base fontes portuguesas dos séculos XIV a XVI, contrastadas com diversas fontes estrangeiras que permitam comparar a evolução destas peças em Portugal com as suas congéneres para lá das fronteiras do reino. Far-se-á também uso abundante de estudos contemporâneos portugueses e estrangeiros que permitam complementar, sistematizar e inserir esta peça no quadro geral do armamento português tardo-medieval e no contexto mais amplo do armamento tardo-medieval europeu.

 

Referências bibliográficas

Fontes manuscritas 

Lisboa, Torre do Tombo, Contos do Reino e da Casa, Núcleo Antigo, 798.

Fontes impressas 

“Carta de quitação a Gonçalo Afonso, almoxarife do armazém da cidade de Lisboa, do que recebeu e despendeu entre 1 de Janeiro de 1438 e 1 de Janeiro de 1448” - Lisboa, Torre do Tombo, Chancelaria de D. Afonso V, livro 15, fol. 26v-29. In MONTEIRO, João Gouveia – Armeiros e Armazéns nos Finais da Idade Média. Viseu: Palimage Editores, 2001, pp. 61-80.

“Carta N.º 16”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. I. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1903, p. 168.

“Carta N.º 19”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. I. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1903, pp. 201-202

“Carta N.º 32”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. I. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1903, p. 207.

“Carta N.º 35”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1903, p. 208.

“Carta N.º 123”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. I. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1903, pp. 367-368.

“Carta N.º 125”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. I. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1903, p. 368.

“Carta N.º 127”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. I. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1903, p. 398.

“Carta N.º 137”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. I. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1903, p. 401.

“Carta N.º 166”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. II. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1904, p. 35-36.

“Carta N.º 201”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. II. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1904, p. 160.

“Carta N.º 241”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. II. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1904, p. 357.

“Carta N.º 480”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. IV. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1907, pp. 444-445.

“Carta N.º 523”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. V. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1907, p. 79.

“Carta N.º 528”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. V. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1907, pp. 156-157.

“Carta N.º 537”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. V. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1907, pp. 235-236.

 “Carta N.º 553”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. V. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1907, p. 322.

“Carta N.º 565”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. V. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1907, p. 444.

“Carta N.º 576”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. V. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1907, pp. 474-475.

“Carta N.º 577”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. V. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1907, p. 475.

“Carta N.º 578”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. V. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1907, pp. 475-476.

“Carta N.º 601”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. VI. Lisboa: Of. Tip. Calçada do Cabra, 1908, pp. 79-80.

“Carta N.º 690”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. IX. Lisboa: Of. Tip. Calçada do Cabra, 1914, p. 436.

“Carta N.º 703”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. IX. Lisboa: Of. Tip. Calçada do Cabra, 1914, pp. 446-447.

“Carta N.º 706”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. IX. Lisboa: Of. Tip. Calçada do Cabra, 1914, p. 448.

“Carta N.º 722”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. IX. Lisboa: Of. Tip. Calçada do Cabra, 1914, pp. 455-456

“Carta N.º 768”. In FREIRE, Anselmo Braamcamp – “Cartas de Quitação del Rei D. Manuel”. Archivo Historico Portuguez. Vol. X. Lisboa: lmpr. Libânio da Silva, 1916, p. 7.

“Ordenação da Guarda do Rei Nosso Sñor”. In PINTO, Augusto Cardoso – A Guarda del Rei Dom João II – Notas e Documentos para a História das Guardas Reais Portuguesas. Lisboa: Centro Tipografico Colonial, 1930, pp. 77-78.

“Regimt.o de Dõ n.o da gente da ordenança e das XX lanças”. In MORAIS, A. Faria de – “Ordenanças e ginetes d'el-Rey”. Boletim do Arquivo Histórico Militar 24 [separata] (1954), pp. 162-169.

“Trellado do allvara que ell-Rey mandou aos coudees desta cidade” (Livro 5 de Atas de Vereação da Câmara do Porto, fol. 207v). In RIBEIRO, Marco Alexandre – As Atas de Vereação do Porto de 1485 a 1488. Leitura Paleográfica, Publicação e Estudo Prévio. Porto: Universidade do Porto, 2019. Dissertação de Mestrado, pp. 293-294.

Chancelarias Portuguesas: D. Duarte. Dir. António H. R. de Oliveira Marques e João José Alves Dias. Lisboa: Centro de Estudos Históricos da Universidade Nova de Lisboa, 1999-2002.

Chancelarias Portuguesas: D. João I. Dir. João José Alves Dias. Lisboa: Centro de Estudos Históricos da Universidade Nova de Lisboa, 2004-2005.

Estoria de Dom Nuno Alvrez Pereyra. Ed. Adelino de Almeida Calado. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1991.

Ordenações Afonsinas. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1984.

ALBUQUERQUE, Afonso de – “Carta de 23 de Outubro de 1514”. In BULHÃO PATO, Raymundo Antonio de (dir.) – Cartas de Affonso de Albuquerque, t. I. Lisboa: Typographia da Academia Real das Sciencias, 1884, cap. LXII, pp. 295-296.

BARROS E SOUSA, Manuel Francisco de – Memórias e Alguns Documentos para a História e Teoria das Côrtes Geraes. Lisboa: Impressão Regia, 1827.

CASTRO, João de – “Apontamentos enviados por D. João de Castro a D. João Mascarenhas”. In SANCEAU, Elaine (ed.) - Cartas de D. João de Castro. Lisboa: Agência Geral do Ultramar – Divisão de Publicações e Biblioteca, 1955, pp. 130-136.

CHAVES, Álvaro de – Livro de Apontamentos (1438-1489). Ed. Anastásia Mestrinho Salgado; Abílio José Salgado. Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda, 1984.

Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses - Tapeçarias de D. João de Castro. Lisboa: Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses. 1995.

GÓIS, Damião de – Crónica do Felicíssimo Rei D. Manuel. Braga: Edições Vercial, 2014.

PINA, Rui de – Crónica de D. João II. Dir. Luís de Albuquerque. Lisboa: Publicações Alfa, 1989.

RESENDE, Garcia de – Vida e Feitos d’El-Rey D. João Segundo. Ed. Evelina Verdelho. Coimbra: Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada/Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 2007.

RIBEIRO, João Pedro – Indice Chronologico dos documentos mais notaveis que se achavão no archivo da illustrissima camara da cidade do Porto, quando por ordem regia o examinou no anno de 1795, o conselheiro João Pedro Ribeiro natural da mesma cidade. Porto: Câmara Municipal do Porto, Gabinete de História da Cidade, 1951.

RODRIGUES, Bernardo – Anais de Arzila, 1. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1915.

RODRIGUES, Bernardo – Anais de Arzila, 2. Coimbra: Imprensa da Universidade, 1915.

ZURARA, Gomes Eanes de – Crónica de D. Duarte de Meneses. Braga: Edições Vercial, 2012.

Dicionários & obras de referência geral

Dicionário de Arabismos da Língua Portuguesa. Dir. José Adalberto Coelho Alves. Alfragide: LeYa, 2014.

Diccionario da Lingua Portugueza. Vol. II. Dir. Antonio de Moraes Silva; Theotonio José de Oliveira Velho. Lisboa: Impressão Régia, 1831.

Diccionario da Lingua Portugueza composto pelo Padre D. Rafael Bluteau, reformado, e accrescentado por Antonio de Moraes Silva, natural do Rio de Janeiro. Vol. I. Dir. Antonio de Moraes Silva Lisboa: Officina de Simão Thaddeo Ferreira, 1789.

Diccionario de la lengua española. 5ª ed. Real Academia Española. Madrid: Imprenta Real, 1817.

Diccionario de la lengua española. 12ª ed. Real Academia Española. Madrid: Imprenta de D. Gregorio Hernando, 1884.

Diccionario de la lengua española [Em linha]. 22ª ed. Real Academia Española. Madrid: Real Academia Española, 2001. [Consultado a 20 Outubro 2020]. Disponível em https://www.rae.es/drae2001/.

Diccionario de la lengua española [Em linha]. 24ª ed. Real Academia Española. Madrid: Real Academia Española, 2009. [Consultado a 20 Outubro 2020]. Disponível em https://dle.rae.es/.

Elucidario das palavras, termos e phrazes, que em Portugal antigamente se usaram, e que hoje regularmente se ignoram. Vol. 2. Joaquim Santa Rosa de Viterbo. Lisboa: Typographia Regia Silviana, 1798.

Glosario de voces de armería. Dir. Enrique de Leguina. Madrid: Librería de Felipe Rodríguez, 1912.

Léxico del comercio medieval en Aragón (siglo XV). Angeles Líbano Zumalacárregui,  Jose Angel Sesma Muñoz. Zaragoza: Institución Fernando el Católico, 1982.

Nôvo Diccionário da Língua Portuguêsa. Vol. I. Dir. Cândido de Figueiredo. Lisboa: Livraria Editôra Tavares Cardoso & Irmão, 1899.

Novo diccionario da lingua portugueza. Dir. Eduardo Augusto de Faria. Lisboa: Typographia lisbonense, 1849.

Tesoro de la lengua castellana, o española. Dir. Sebastián de Covarrubias y Orozco. Madrid: Luis Sanchez, 1611.

Vocabulario portuguez e latino. Dir. Raphael Bluteau. Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de JESU, 1712-1721.

Estudos 

ABREU, Josefa Maria Mendonza – “Estudio léxico de un documento medieval castellano ordenamiento de trabajos y precios”. Philologia hispalensis 4/2 (1989), pp. 523-537.

AGOSTINHO, Paulo Jorge Simões – Vestidos para matar: o armamento de guerra na cronística portuguesa de quatrocentos. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2012.

ARAÚJO, Inês Meira – As Tapeçarias de Pastrana – Uma Iconografia da Guerra. Lisboa: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 2012. Dissertação de Mestrado.

BARROCA, Mário Jorge; MORAIS, António J. Cardoso – “A Terra e o Castelo – Uma experiência arqueológica em Aguiar da Pena”. Portugáli. Nova Série 6 (1985), pp. 35-126.

BARROCA, Mário Jorge; MONTEIRO, João Gouveia (coords.) – Pera Guerrejar – Armamento Medieval no Espaço Português. Palmela: Câmara Municipal de Palmela, 2000, pp. 37-76.

BLAIR, Claude – European Armour: circa 1066 to 1700. 2ª ed. London: B. T. Batsford Ltd., 1972.

BOCCIA, Lionello Giorgio – L'armeria del Museo Civico Medievale di Bologna. Busto Arsizio: Bramante Editrice, 1991.

CANDEIAS, António; et al. (2014) – “Contributo das Ciências para a Caracterização Material e Tecnológica do Foral Manuelino de Cascais”. In HENRIQUES, João Miguel (coord.) – 500 Anos do Foral Manuelino de Cascais:1514-2014. Cascais: Câmara Municipal de Cascais, 2014, pp. 152-185.

CAPWELL, Tobias – Arms and Armour of the Medieval Joust. Leeds: Royal Armouries Museum, 2018.

CARVALHAL, Hélder; SÁ, Isabel dos Guimarães – “The world of constable D. Afonso (c. 1480-1504): glimpses of Portuguese dynastic politics, noble household and material culture”. Portuguese Studies Review 21/1 (2013), pp. 153-171.

CARVALHAL, Hélder; SÁ, Isabel dos Guimarães – “Knightly Masculinity, Court Games and Material Culture in Late-medieval Portugal: The Case of Constable Afonso (c.1480–1504)”. Gender & History 28/2 (2016), pp. 387-400.

CONCEIÇÃO, Cristina; VENTURA, João – “Visitações da Ordem de Santiago a Sesimbra (1488-1492)”. Akra Barbarion 4 (2020), pp. 51-65.

CORAZZI, David – Armaria. Bibliotheca do Povo e das Escolas, n. 102. Rio de Janeiro: Impresa Horas Romanticas, 1885.

DIAS, Diogo José Teixeira – As Cortes de Coimbra e Évora de 1472-73 - Subsídios para o estudo da política parlamentar portuguesa. Coimbra: Universidade de Coimbra, 2014. Dissertação de Mestrado.

DOWEN, Keith – “The Introduction and Development of Plate Armour in Medieval Western Europe c. 1250-1350”. Fasciculi Archaeologiae Historicae XXX (2017), pp. 19-28.

DORNELAS, Afonso de – “A Tapeçaria da Occupação de Tanger”. Elucidário nobiliarchico I/ 4 (1928), pp. 128-132.

FERREIRA, Sérgio – Preços e Salários em Portugal na Baixa Idade Média. Porto: Universidade do Porto, 2007. Dissertação de Mestrado.

FIGUEIREDO, José de – O Pintor Nuno Gonçalves. Lisboa: Typ. do Annuário Commercial, 1910.

FREIRE, Anselmo Braamcamp – Archivo Historico Portuguez. Vol. I. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1903.

FREIRE, Anselmo Braamcamp – Archivo Historico Portuguez. Vol. II. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1904.

FREIRE, Anselmo Braamcamp – Archivo Historico Portuguez. Vol. IV. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1906.

FREIRE, Anselmo Braamcamp – Archivo Historico Portuguez. Vol. V. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1907.

FREIRE, Anselmo Braamcamp – Archivo Historico Portuguez. Vol. VI. Lisboa: Typ. Calçada do Cabra, 1908.

FREIRE, Anselmo Braamcamp – Archivo Historico Portuguez. Vol. IX. Lisboa: Of. Tip. Calçada do Cabra, 1914.

FREIRE, Anselmo Braamcamp – Archivo Historico Portuguez. Vol. X. lmpr. Libânio da Silva, 1916.

GLINIANOWICZ, Marcin – “The Brigandine From The Polish Army Museum In Warsaw – Some Thoughts About Its Provenance And Chronology”. In MAREK, Lech (ed.) – Weapons bring peace? Warfare in medieval and early modern Europe. Wrocław: Wratislavia antiqua, 2013, pp. 157-170.

GOLL, Matthias – Iron Documents: Interdisciplinary studies on the technology of late medieval European plate armour production between 1350 and 1500. Heidelberg: Universitätsbibliothek Heidelberg, 2013. Tese de Doutoramento.

HERCULANO, Alexandre – Opúsculos. T. 6. Lisboa: Viúva Bertrand & C.ª, Sucessores Carvalho e C.ª, 1884.

IBARRA, Miguel Ángel de Bunes; et al.The Invention of Glory: Afonso V and the Pastrana Tapestries. Madrid: Fundacion Carlos De Amberes, 2011.

LACY, Michael S. – The Development of the Coat of Plates: The Evolution of Cloth-covered Armour, 1250-1500. Society for Creative Anachronism, 1993.

LA ROCCA, Donald J. – How to Read European Armor. New York: Metropolitan Museum of Art, 2017.

MACHADO DE CASTRO, Tiago – “Armas para Ceuta (1420). Contribuição para o estudo do armamento português no início do século XV”. Cadernos do Arquivo Municipal 4 (2015), pp. 39-63.

MARQUES, António H. R. de Oliveira – “A Arte da Guerra”. In MARQUES, António H. R. de Oliveira – Nova História de Portugal. Vol. IV. Portugal na Crise dos Séculos XIV e XV. Dir. António H. R. de Oliveira e Joel Serrão. Lisboa: Editorial Presença, 1987, pp. 335-364.

MARQUES, António H. R. de Oliveira – A Sociedade Medieval Portuguesa – Aspectos do Quotidiano. Lisboa: Esfera dos Livros, 2010.

MARTÍNEZ DEL ROMERO, Antonio – “Glosario compuesto de varias palabras cuya esplicación es necessária para la intelijencia del Catálogo”. In MARCHESI, Jose Maria (ed.) – Catálogo de la Real Armería. Madrid: Aguado, 1849, pp. 200-300.

MARTINS, Miguel Gomes – “Da Esperança a S. Vicente de Fora: Um percurso em torno de Estevão da Guarda”. Cadernos do Arquivo Municipal 3 (1999), pp. 10-60.

MARTINS, Miguel Gomes – A arte da guerra em Portugal: 1245 a 1367. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2014.

MOFFETT, Randall – “Military Equipment in Fourteenth to Fifteenth Century Southampton”. In BELL, Adrian; CURRY, Anne (eds.) – Soldiers, Weapons and Armies in the Fifteenth Century. Suffolk: Boydell & Brewer Ltd., 2011, pp. 167-200.

MONTEIRO, João Gouveia – A Guerra em Portugal nos finais da Idade Média. Lisboa: Editorial Notícias, 1998.

MONTEIRO, João Gouveia – Armeiros e Armazéns nos Finais da Idade Média. Viseu: Palimage Editores, 2001.

NABO, Olímpia de Jesus de Bastos Mourato – Educação e Difusão da Ciência em Portugal: A “bibliotheca do povo e das escolas” no contexto das edições populares do século XIX. Portalegre: Instituto Politécnico de Portalegre/Escola Superior de Educação de Portalegre, 2012. Dissertação de Mestrado.

PRICE, Brian R. – Techniques of Medieval Armour Reproduction. Boulder: Paladin Press, 2000.

REED, Susan D. – 15th Century Men’s Doublets: An Overview [Em linha]. 27 de Julho de 2004. [Consultado a 20 Outubro de 2020]. Disponível em http://www.nachtanz.org/SReed/doublets.html.

RIQUER, Martí de – L’Arnès del Cavaller. Barcelona: La Magrana, 2011.

SCALINI, Mario – “Corazzine e bacinetti dalla Rocca di Campiglia”. In BIANCHI, Giovanna (ed.) – Campiglia. Un castello e il suo territorio. Firenze: All’Insegna del Giglio s.a.s., 2003, pp. 382–396.

SANTOS, Maria Alice Pereira – A sociologia da representação político-diplomática no Portugal de D. João I. Lisboa: Universidade Aberta, 2015. Tese de Doutoramento.

SERRÃO, Vítor – “Os Painéis de São Vicente e a ambiência da pintura quatrocentista”. In ALMEIDA, Carlos Alberto Ferreira de; BARROCA, Mário Jorge – História da Arte em Portugal. O Gótico. Lisboa: Presença, 2002.

SIMÕES, José de Oliveira – As Armas nos Lusíadas. Lisboa: Publicações Alfa, 1986.

SOUSA, Élvio Duarte Martins – Ilhas de Arqueologia. O Quotidiano e a Civilização Material na Madeira e nos Açores (Séculos XV-XVIII). Lisboa: Universidade de Lisboa, 2001. Tese de Doutoramento.

THORDEMAN, Bengt – Armour from the Battle of Wisby, 1361. Wheaton: The Chivalry Bookshelf, 2001.

VIGNOLA, Marco – “Armamenti corazzati e archeologia: spunti per uno studio interdisciplinare. Il caso dell’Italia e dei contesti friulani”. Quaderni Cividalesi 30 (2008), pp. 136-161.

VIGNOLA, Marco – Armature e armorari nella Milano medievale: storia di famiglie, signa, magli e acciaio. Alessandria: Edizioni dell’Orso, 2017.

VISCOUNT DILLON; HOPE, William St. John – “Inventory of the Goods and Chattels belonging to Thomas, Duke of Gloucester, and Seized in his Castle at Pleshy, Co. Essex, 21 Richard II. (1397); with their Values, as shown in the Escheator’s Accounts”. The Archaeological Journal 54 (1897), pp. 275-308.

VITERBO, Francisco Marques de Sousa – Artes e Artistas em Portugal. Lisboa: Livraria Ferreira, 1892.

VITERBO, Francisco Marques de Sousa – A armaria em Portugal: noticia documentada dos fabricantes de armas brancas que exerceram a sua profissão em Portugal. Lisboa: Academia Real das Sciencias de Lisboa, 1907.

WILLIAMS, Alan – The Knight and the Blast Furnace: A History of the Metallurgy of Armour in the Middle Ages & the Early Modern Period. Leiden: Brill, 2003.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-01-01
Como Citar
Oliveira, A. C. (2022). “Uma peça muito preciosa de significado ainda desconhecido”: Decifrar o termo gibanete. Medievalista, (31), 317-354. https://doi.org/10.4000/medievalista.5155