A materialização dos poderes no espaço como expressão da memória e identidade urbana medieval

  • Maria do Carmo Ribeiro CITCEM Departamento de História, ICS, Universidade do Minho mcribeiro@uaum.uminho.pt
  • Arnaldo Sousa Melo CITCEM Departamento de História, ICS, Universidade do Minho amelo@ics.uminho.pt
Palavras-chave: Poderes, Memória; Identidade; Urbana; Medieval.

Resumo

Este artigo constitui um contributo para o estudo da memória e identidade da cidade medieval através da materialização dos poderes no espaço urbano. Para dar cumprimento aos objetivos a que nos propomos, estruturámos este trabalho em três partes. Na primeira fazemos algumas considerações prévias sobre os conceitos de memória e identidade urbana com vista a situar a temática em apreço num contexto sociológico e antropológico mais amplo. Posteriormente, abordamos algumas formas de materialização dos poderes no espaço urbano, designadamente os lugares que resultaram da atuação dessas entidades, tais como os classificados de régio, episcopal, senhorial e concelhio. Por fim, analisamos de que forma as construções e espaços urbanos se traduzem em memória e identidade, nomeadamente a sé catedral, as muralhas e os castelos, os paços ou o ordenamento urbano. O nosso estudo incidirá preferencialmente sobre as cidades medievais portugueses de Braga e do Porto, muito embora pontualmente sejam utilizados outros casos de estudo concretos. A metodologia utilizada baseou-se no cruzamento das diferentes fontes disponíveis, com particular preponderância para as fontes escritas, mas também iconográficas e cartográficas e, sempre que possível, procurou valorizar os vestígios materiais sobreviventes e que integram as cidades atuais.

 

Referências bibliográficas


ABREU, Maurício de Almeida - “Sobre a memória das cidades”, Revista da Faculdade de letras – Geografia I. Porto. Volume XIV (1998), p. 77-97.

ANDRADE, Amélia Aguiar, Horizontes Urbanos Medievais. Lisboa: Livros Horizonte, 2003.

BANDEIRA, Miguel Sopas - O espaço urbano de Braga em meados do século XVIII.

Porto: Edições Afrontamento, 2000.

BASTO, Artur M. - “Notas e comentários”. In “Vereaçoens” anos de 1390-1395. Porto: CMP, s/d., p. 245-461.

BOTELHO, Maria Leonor - A Sé do Porto no século XX. Lisboa: Livros Horizonte, 2006.

COSTA, Avelino Jesus - O bispo D. Pedro e a organização da diocese de Braga, Vol. I e II. 2ª edição. Braga: Edição Irmandade de S. Bento da Porta Aberta, 1997-2000.

DORDIO, Paulo, “Projecto de estudo histórico e arqueológico da Sé do Porto – o cemitério”, Património – Estudos. Lisboa. Nº 8 (2005), p. 26-34.

ESTEPA DÍEZ, Carlos, “La ciudad medieval: centro de poder, confluencia de poderes”, in Solórzano Telechea, Jesús Ángel e Arízaga Bolumburu, Beatriz (eds.), La gobernanza de la ciudad europea en la Edad Media. Logrño: Instituto de Estudios Riojanos, 2011, p. 75-95.

FERREIRA, Maria da Conceição Falcão - "Barcelos terra de condes". Separata da Barcelos Revista. Barcelos, 1992.

Ferreira, Maria da Conceição Falcão - Duas Vilas um só povo: estudo de história urbana (1258-1390). Braga: CITCEM/ICS - Universidade do Minho, 2010.

FERREIRA-ALVES, Joaquim Jaime - “Da Construção à conclusão do Paço Episcopal do Porto”, Monumentos. Lisboa. Nº14 (Março 2001), p. 26-31.

HALBWACHS, Maurice - A memória colectiva. São Paulo: Vértice, 1990.

LE GOFF, Jaques - Por amor das cidades. Conversas com Jean Lebrun. Lisboa: Ed. Teorema, 1999.

LÓPEZ CARREIRA, Anselmo - A cidade medieval galega. Vigo: Ed. A Nosa Terra, 1999.

MARQUES, José - Braga medieval. Braga,1983.

Marques, José - ”O Castelo de Braga” (1330-1450), Mínia. Braga. Nº 8 (1986), p.5-34.

MARTINS, Manuela e RIBEIRO, Maria do Carmo - “A arqueologia urbana e a defesa do património das cidades”, Forum. Braga. Nº 44-45 (2009/2010), p. 149-177, URL: http://hdl.handle.net/1822/13351.

Maurício, R. - O mecenato de D. Diogo de Sousa Arcebispo de Braga (1505-1532): urbanismo e arquitectura. 2 vols. Leiria: Magno, 2000.

MELO, Arnaldo Sousa - Trabalho e Produção em Portugal na Idade Média: O Porto, c. 1320 – c. 1415 / Travail et Production au Portugal au Moyen Âge: Porto, c. 1320- c. 1415, 2 volumes. Braga e Paris: Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho e École des Hautes Études en Sciences Sociales, tese de doutoramento, 2009, URL: http://hdl.handle.net/1822/9896.

MELO, Arnaldo Sousa e RIBEIRO, Maria do Carmo – “Os construtores das cidades: Braga e Porto (século XIV-XVI)”. In Melo, Arnaldo e Ribeiro, Mª do Carmo (Coord.), História da Construção - os construtores. Braga: Ed. CITCEM, 2011, p. 99-128 (http://hdl.handle.net/1822/15455).

PINOL, Jean-Luc (dir.) - Histoire de l’Europe urbaine, vol. 1, De l’Antiquité au XVIIIe siècle. Genèse des villes européennes. Paris: Seuil, 2003.

REAL, Manuel Luís - “A Construção medieval no sítio da Sé”, Monumentos. Lisboa. Nº14 (Março 2001), p. 8-19.

RIBEIRO, Maria do Carmo - Braga entre a época romana e a Idade Moderna. Uma metodologia de análise para a leitura da evolução da paisagem urbana, 2 vol. Braga: Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, Tese de doutoramento, 2008, URL: http://hdl.handle.net/1822/8113.

RIBEIRO, Maria do Carmo - “A evolução da paisagem urbana de Braga desde a época romana até à Idade Moderna. Síntese de resultados”, Forum. Braga. Nº 44-45 (2009/2010), p. 179-201, URL: 179-201: http://hdl.handle.net/1822/13437.

RIBEIRO, Maria do Carmo - O Antigo Paço Arquiepiscopal de Braga. Coleção Sítios com História. Braga: Reitoria da Universidade do Minho, 2011.

RIBEIRO, Maria do Carmo e MELO, Arnaldo Sousa - “A influência das atividades económicas na organização da cidade medieval”. In Ribeiro, Maria do Carmo e Melo, Arnaldo Sousa (Coord.) Evolução Urbana: sociedade e economia. Braga: Ed. CITCEM, 2012, p. 137-161.

SANTOS, Maria Helena P. - A Rua Nova do Porto (1395-1520): sociedade, construção e urbanismo. Porto: FLUP, 2010 (dissertação de mestrado, policopiada).

SETA, Cesare de - "Las murallas, símbolo de la ciudad". In Seta, Cesare de e Le Goff, Jacques (dir.) - La ciudad y las murallas. Madrid: Ediciones Cátedra, 1991, p. 21-66.

SOARES, Torquato Sousa - Subsídios para o estudo da organização municipal da cidade do Porto durante a Idade Média. Barcelos, 1935 [ed. Fac-similada, 1989]

SOUSA, Armindo de - “Tempos Medievais”. In Ramos, L. A. Oliveira (dir.) História do Porto. Porto: Ponte Editora, 1994, p. 118-253.

TEIXEIRA, Helena L. - Porto, 1114-1518. A construção da cidade medieval. Porto: FLUP, 2010 (dissertação de mestrado, policopiada).

TRINDADE, Luísa - Urbanismo na composição de Portugal. Coimbra: Universidade de Coimbra, 2009.

TRINDADE, Luísa – “Casas da Câmara ou Paços do Concelho: espaços e poder na cidade tardo-medieval portuguesa”. In Ribeiro, Maria do Carmo e Melo, Arnaldo Sousa (Coord.) Evolução Urbana: sociedade e economia. Braga: Ed. CITCEM, 2012, p. 197-212.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-07-01
Como Citar
Ribeiro, M. do C., & Melo, A. S. (2012). A materialização dos poderes no espaço como expressão da memória e identidade urbana medieval. Medievalista, 1(12). https://doi.org/10.4000/medievalista.685
Secção
Artigos